Treino de calistenia: tudo o que você precisa saber

O que é? 

Embora o nome não seja necessariamente popular, é possível dizer que a maioria das pessoas já praticaram o treino de calistenia. Basicamente, a calistenia consiste em realizar atividades físicas utilizando o peso do próprio corpo, como no caso de flexões, abdominais e pranchas.

 

Origem

O termo é formado a partir do grego, unindo as palavras khallos (belo) e sthenos (força). Com a ascensão das redes sociais e a ausência de tempo para frequentar academias, a prática tem ganhado muita força nos últimos anos, com exercícios inovadores e que podem ser realizadas dentro de casa.

 

Benefícios

Para além das melhorias corporais, existe também uma validade prática no treino de calistenia. A ausência do uso de pesos, combinada com o custo zero, tornam essa atividade uma ótima opção para quem deseja manter um corpo saudável. Além disso, por ser uma prática funcional, os exercícios praticados tem grande utilidade nos movimentos do dia-a-dia. 

 

Como começar

Para quem é iniciante, existem quatro exercícios fundamentais para se adaptar a calistenia: flexão, agachamento, prancha e barra fixa. Vale lembrar que essas atividades devem ser realizadas por todo praticante, com diferença apenas no nível de intensidade, que varia de acordo com a familiarização e durabilidade.

Além disso, é possível incorporar exercícios variados, desde que feitos de maneira correta. Por isso, tenha certeza de estar se sentindo a vontade para realizar o exercício, contando com a ajuda de um personal trainer se possível. 

Por fim, lembre-se de que, assim como qualquer atividade física, a calistenia não terá bons resultados se não for acompanhada de uma boa dieta. Por isso, antes de começar, procure se consultar com um nutricionista, de modo a encontrar um fluxo de atividades que combinem com a sua alimentação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *